sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Fosse eu escritora
a tua história
não teria começo
nem fim:
Adeus somente a Deus
aos mortais, jamais

6 comentários:

João disse...

Isso q vc tem é um dom! ^^
ps: dá me devendo um desses faz tempo!

Wee disse...

muito lindo,
pena que tu na é deus,
só uma anja. =B

e até os padres sao melhores doque os anjos.

^^

te amo minha escritora/deusa ;@@~~

Voltaire D. P. Neto disse...

Adeus somente a Deus...

Muito louca essa parte... sério... se tu ler rápido demais tem um sentido... se tu ler devagar tem outro... e se tu falar alte devagar tem outro...

=P

Muito belo escrito menina que doa trufas... =B

Beto Canales disse...

ótimo!

Tammi disse...

Muito bons teus poemas Cris! És uma artista, sem dúvida!!! Estou com saudades!!!
Beijão!!!

Fred Cavalcante disse...

Também adorei a parte "Adeus somente a Deus"

Muito legal!